(0) (0)
info@ithlux.com

Porquê viver ou investir no Panamá?

Porquê viver ou investir no Panamá?

Porquê viver ou investir o Panamá?

 

1 - Economia estável tendo o dólar americano como moeda corrente. Segunda maior economia da América Central e a economia que mais cresce. Segunda economia mais competitiva da América Latina de acordo com o Índice de Competitividade Global do Fórum Económico Mundial.

 

2 - Localização geográfica estratégica, privilegiada e livre de desastres naturais, situado no istmo que liga as Américas do Norte e do Sul, fazendo fronteira com Costa Rica, Colômbia, Caribe e Oceano Pacífico, com clima tropical o ano inteiro.

3 - Centro bancário e financeiro internacional: sistema bancário forte - nos últimos 20 anos as fusões, transformações e incorporações de novos bancos regularam e redimensionaram o sector. O Panamá é hoje um dos centros financeiros mais importantes da América Latina e do mundo. 

 

4 - Sistema fiscal territorial que isenta fiscalmente qualquer receita obtida fora do país, constitui o principal atractivo para que empresas e privados de todo o mundo encontrem no país uma solução fiscal.

 

5 - Estabilidade política e jurídica. O sistema jurídico do Panamá foi desenvolvido para incentivar, apoiar e proteger o investimento estrangeiro. A Constituição do Panamá e a Lei de Investimento Estrangeiro conferem os mesmos direitos e garantias aos estrangeiros no que respeita a propriedade, investimento e comércio. 

 

6 - Excelente qualidade de vida e segurança. Está entre as cidades mundiais com maior qualidade de vida, além de ser um dos cinco melhores lugares para se aposentar no mundo.

 

7 - Serviços médicos com alta tecnologia e prestígio internacional, Infraestrutura de comunicações de classe mundial e excelentes escolas privadas.

 

8 - O Panamá constitui-se como o Hub logístico para a América Latina e Caribe, por ar, terra e mar - Plataforma logística de classe mundial, operando diretamente com 152 portos e 54 países, sendo a porta de entrada para a América Latina.

 

9 - O Canal do Panamá permite que mais de 5% do comércio mundial passe por ele, com 160 países clientes e 144 rotas marítimas, obtendo grande rentabilidade e atraindo investidores de todo o mundo, nomeadamente no ramo imobiliário. Prevê-se que o PIB cresça quase 20% com a ampliação do Canal do Panamá e consequente aumento de tráfego e novos fluxos de minério, de ouro e cobre, alimentando a crescente procura por imóveis. 

 

10 - Aeroporto Internacional Tocumen: maior e mais movimentado aeroporto da América Central, com voos para 89 destinos.

11 - Ramo imobiliário estável - Investir em imobiliário cotado em dólar continua a ser uma aposta segura de investimento. O ramo imobiliário oferece uma ampla gama de projetos com uma relação preço/qualidade muito acima da média e com grande perspectiva de crescimento.

 

12 - O Panamá tem um plano diversificado de vistos especiais que permite isenções fiscais para os estrangeiros que residam ou invistam no país, entre os quais destaca-se o Visto de Países Amigos, com condições privilegiadas de acesso à residência e cidadania panamenhas: África do Sul, Alemanha, Andorra, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Chipre, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos da América, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Israel, Japão, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, San Marino, México, Mónaco, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Paraguai, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Sérvia e Montenegro, Singapura, Suécia, Suiça, Taiwan, Uruguai.

 

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência de usuário. Ao usar o site, você confirma que aceita o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.   Saiba mais